Orientador vocacional

InícioOrientador vocacional
Loading...

O orientador vocacional tem um papel muito importante. Ele vai ajudar os jovens e os pais a fazer escolhas de estudo. Porque escolher uma área de estudo ou uma profissão nem sempre é fácil! Sobretudo porque existem muitas opções de escolha. Quando os jovens se deparam com tantas possibilidades de escolha, sem terem claro o que querem estudar, é natural que se sintam perdidos. Nós também já passámos por isso!

Esta decisão é, certamente, uma das mais importantes, ao longo da vida. Sem dúvida que devemos tomá-la com todo o apoio possível. É por isso que a orientação vocacional é tão importante!

O papel do orientador vocacional

O papel do orientador vocacional é apoiar os jovens e os pais neste processo de escolha. Para além da realização de testes e da sua análise, deve ajudá-los a pensar de forma crítica; reflectir sobre os seus interesses e sobre a trajetória académica ou profissional que gostariam de seguir.

Através de uma entrevista e da aplicação de testes vocacionais, o orientador vocacional vai conhecer as preferências do jovem; as suas expectativas de futuro, assim como os seus sonhos. A partir desse conhecimento e do diálogo com o aluno e os pais, as possibilidades são analisadas e discutidas em conjunto.

Ao orientador cabe aconselhar, mas a decisão é sempre do aluno.

Uma vez que este é um processo de auto-conhecimento, é comum identificarem-se preferências ou competências, que o jovem desconhecia. Em alguns casos, essas competências têm um grande potencial para serem desenvolvidas. Acima de tudo, o orientador deve possibilitar que o jovem se conheça melhor, estimular a sua autonomia e a sua responsabilidade.

É este auto-conhecimento que vai permitir aos jovens tomar decisões informadas e criativas. Estas reflectem-se em escolhas mais seguras e mais gratificantes.